DETTONA - Liberte sua menteDETTONA
Música

brasstracks-1

Duas coisas necessárias em 2017: a série de vídeos Rhythm Roullete (da publicação/selo de Hip-Hop Mass Appeal) e o som da dupla Brasstracks.

O primeiro é uma série de vídeos onde um beatmaker/artista é convidado a comprar 3 discos (de vinil) para fazer uma faixa a partir dos samples encontrados nesses discos. Tá, até aí parece tudo simples. A parte legal é que o artista tem que estar vendado para “escolher” os discos, que nem sempre apresentam músicas boas e/ou fáceis de serem sampleadas. Ou seja: você (ou)vê a real genialidade dos artistas quando há restrições nas ferramentas que eles podem utilizar para fazer, pelo menos, uma música.

Dentre os artistas/beatmakers que já foram “vítimas” da Rhythm Roullete, se destacam 9th Wonder, Exile, Black Milk, Just Blaze e Oh No. Atualmente, artistas novos e nem tão conhecidos participaram da série, como é o caso da dupla Brasstracks, a segunda coisa necessária pra você em 2017 (confia!).

Formada por Ivan Jackson (metais) e Conor Rayne (bateria), naturais de Nova Iorque, NY, a dupla grava seus próprios instrumentos (de verdade, não só MIDI), o que confere um som mais natural e único, caracterizando a dupla assim que você aperta o play. Esse som distinto fez com que realizassem remixes/collabs com artistas de peso da cena underground, como Mr. Carmack, Masego e Alexander Lewis.

Só de terem produzido a faixa “No Problem”, de Chance The Rapper (vencedor de 3 Grammys), a dupla já ganha status (pelo menos pra mim) de um dos melhores artistas desde 2015 – o feliz ano em que comecei a ouvi-los.

Juntando essas duas coisas – Rhythm Roulette e Brasstracks – temos um dos melhores episódios de “how to” ou “making of” de beats modernos no YouTube. A criatividade com que a dupla aborda os samples encontrados nos 3 vinis impressiona pela simplicidade do loop de vozes, que é complementado pela melodia de piano elétrico, groove da bateria e frases de metais. O resultado, que pode ser conferido aos 6:18 do vídeo abaixo, é um beat completo, feito em (aparentemente) algumas horas, que foge dos beats comuns e mostra um elemento novo a cada vez que se ouve. O mesmo é possível dizer de praticamente todas as faixas do Brasstracks.

Assista: Brasstracks no Rhythm Roulette (abaixo que é mais prático)

Por: - 5 dias atrás
Vamoo

A luta das mulheres está longe de acabar, mas se elas se unirem (ainda mais sete) a diferença será ainda maior.

“Não Desvie o Olhar” trata-se da produção e poética de sete artistas com linguagens diversas, de sete sentimentos em torno da solidão, superação, da luta interna e externa constante de ser mulher; sete colos da fractal e energia quase mística em se manterem erguidas e unidas: fotografia, colagem, graffiti, instalação e poesia.

O empoderamento feminino sempre esteve presente nas diversas áreas e vem ganhando força, sobretudo, neste momento em que o Brasil protagonizou uma lamentável cena de retrocesso: o impeachment da primeira presidenta eleita no país e o crescimento do número de mortes com base na intolerância e feminicídio.

A causa feminina urge pelas ruas e pelas redes sociais. O cenário da arte contemporânea hoje passa, inevitavelmente, por essa questão de afirmação e equidade da mulher na sociedade.

data: 14 de março de 2017
horário: das 18h às 23h
local: Casa da Luz
endereço: Rua Mauá, 512, Luz

Por: - 2 semanas atrás
17200280_1337248649668199_2076497086_o
Música

Tendo como referencia o Dj Khaled, o produtor AkaPhael está preparando o EP intitulado “SOCIAL BLEB”, que será composto por 7 faixas, cada faixa terá a participação de dois artistas.

“Uni meus manos mais próximos pra trampar com algo que temos em comum, que é a música”

A primeira faixa do EP foi liberada na terça-feira(07/03), “Poucas” conta com os vocais de Higão e Sadiki, uma faixa bem direta falando sobre o cotidiano dos rappers. Um beat que mistura future baile, chill, trap e funk para embalar diversos passinhos para quem ouvir.

Confere o som ai:

Acompanhe os lançamentos de AkaPhael através do soundcloud e na página da OutroPlanet.

Por: - 3 semanas atrás
thay-texto
Colunas

Sinto que as pessoas se perdem quando pensam no conceito de felicidade.

Temos essa ideia manipulada na cabeça de que, no dia que eu conseguir meu carro, eu serei feliz. No dia que eu comprar a minha casa própria, eu serei felizNo dia que eu conseguir um namorado, eu serei feliz.

Vem cá, vamos voltar uns séculos atrás e pensar um pouco na história das grandes civilizações, nas figuras históricas, até mesmo em artistas daquela época. Algum deles se disse plenamente feliz?

Leia Mais

Por: - 3 semanas atrás
capa brasabass_branco
Música

Depois de um grande hiato após os bem-sucedidos “Afro Sam Bass” e “Rap do Ben“, Mario Cezar Rabello (Obama Lee Baden/Kaiser Marius) volta com esse projeto cuja premissa é remixar e criar mashups de maneira descarada e inusitada.

Neste novo trabalho, o recorte foi feito a partir de grandes nomes da música baiana como Olodum, Ara Ketu, Timbalada e Ilê Ayê somados a alguns clássicos do RAP noventista como Fugees, Das EFX, Busta Rhymes, Beastie Boys e Wu-Tang Clan, além da eterna diva Erykah Badu, numa roupagem samba-reggae, o downtempo brasileiro.

Todas as faixas estão com os downloads disponíveis. Aproveitem :D

facebook.com/esonidos | estadossonidos.tumblr.com

Por: - 3 semanas atrás