O que é felicidade pra você? - DETTONA » DETTONA
thay-texto
Colunas

Sinto que as pessoas se perdem quando pensam no conceito de felicidade.

Temos essa ideia manipulada na cabeça de que, no dia que eu conseguir meu carro, eu serei feliz. No dia que eu comprar a minha casa própria, eu serei felizNo dia que eu conseguir um namorado, eu serei feliz.

Vem cá, vamos voltar uns séculos atrás e pensar um pouco na história das grandes civilizações, nas figuras históricas, até mesmo em artistas daquela época. Algum deles se disse plenamente feliz?

Já percebeu como nossa sociedade insiste em nos submeter a um estado de felicidade constante? Temos que estar felizes o tempo inteiro. Ué, fomos ensinados dessa maneira. Mas já notou como esse é um conceito datado e que foi criado para nos deixar em constante estado de insatisfação, sempre em busca de algo?

Acredito que uma parcela de culpa está nas redes sociais. Elas estão ali para nos distanciar cada vez mais da realidade. Quem nunca chegou em um restaurante, viu aquele prato bonito e pensou em tirar uma foto para postar no instagram? Quem nunca chegou num show da Beyoncé e pensou em abrir o snapchat para mostrar aos outros o quão você estava se divertindo? Ou até mesmo aquele bom e velho check-in naquele restaurante famoso?

A ideia de eternizar momentos é linda, mas, é algo que tende a ser a comparada e muitas vezes extrapolada. Inevitavelmente, sempre vai existir alguém mais feliz que você, mais bonito que você, com coisas melhores que você. E aí, qual o ponto dessa competição toda?

Para mim, a felicidade é um estado. Uma condição, não um destino. Não precisamos estar feliz o tempo todo. É normal sentir dor de vez em quando. É normal se sentir perdido, como se estivesse andando no escuro tateando as paredes em busca do caminho certo. São os dias ruins que tornam os bons ainda melhores, oras. A vida não teria um pingo de graça se fosse essa constante felicidade, não acham? A dor vem, mas a dor também passa, e ainda serve de lição!

E é assim que a vida é:
vem felicidade, vem dor, daí vem felicidade de novo, e depois um pouquinho mais de dor.

Se você está infeliz, pense que daqui há um ano você vai olhar pra trás e nada disso terá importado. Porque você vai estar bem e o que passou, passou. Você vai aproveitar a presença da tal felicidade, vai sentir falta quando ela se for, mas vai ter a certeza de que ela vai voltar pra te visitar muitas vezes mais.

Ilustração por I N O U E

Por: - 3 meses atrás

comentários